A Figura Paterna


Facebooktwittergoogle_pluspinteresttumblrmail

Parágrafo 28 do Relatório do Sínodo dos Bispos entregue ao Papa (257 votos: Sim, 04: Não).
Tradução não oficial, feita por Padre Cléber Eduardo dos Santos Dias

O Homem

28. O homem desempenha um papel igualmente decisivo na vida familiar, com especial referência à proteção e apoio da esposa e filhos. Modelo desta figura é São José, o homem justo, o qual, na hora do perigo ‘tomou o menino e sua mãe à noite’ ( Mt 2,14 ) e os salvou. Muitos homens estão conscientes da importância do seu papel na família e vivem com a qualidades próprias da índole masculina. A ausência do pai marca gravemente a vida familiar, a educação dos filhos e sua integração na sociedade. Sua ausência pode ser física, afetiva, cognitiva e espiritual. Esta carência priva os filhos de um modelo adequado de comportamento paterno. A prática cada vez maior da mulher trabalhar fora de casa não encontrou uma adequada compensação em uma maior colaboração do homem no âmbito doméstico. No contexto atual a sensibilidade do homem em proteger a esposa e os filhos de toda a forma de violência e aviltamento foi enfraquecida. “O marido – diz Paulo – deve amar a mulher “como o próprio corpo” (Ef 5,28); e amá-la como Cristo ‘amou a Igreja e se deu a si mesmo por ela’ (v. 25). Mas vós, maridos […] entendeis isto? Amar a vossa mulher como Cristo ama a Igreja? […] o efeito dessa radicalidade de doação pedida ao homem, pelo amor e pela dignidade da mulher, seguindo o exemplo de Cristo, deve ter sido enorme na própria comunidade cristã. Esta semente da novidade evangélica, que reestabelece a originária reciprocidade de doação e respeito, amadureceu lentamente na história, mas ao final prevaleceu.” (Papa Francisco, Audiência Geral , 06 de maio de 2015).



Sobre

Seminarista na Arquidiocese de Diamantina - MG 27 anos.


'A Figura Paterna' sem comentários

Seja o primeiro a comentar este post!

Gostaria de compartilhar seus pensamentos?

Seu endereço de email não será publicado.

"Um varão católico não pode esquecer esta ideia-mestra: imitar Jesus Cristo, em todos os ambientes, sem repelir ninguém."

Homem Catolico

Confortare et Esto Vir.