POSICIONAMENTO POLÍTICO OU CONFORMIDADE COVARDE


Facebooktwittergoogle_pluspinteresttumblrmail

O Esto Vir nunca agiu com respeito humano (Eclo 20, 22), muito menos no que se refere à política. Temos um lado, o lado Católico! Existe uma consciência política católica? A Igreja se posiciona politicamente? Sim, a Santa Igreja tem, entre seus importantes documentos, sua Doutrina Social. Este material foi elaborado pelo Pontifício Conselho “Justiça e Paz” e promulgado por Sua Santidade, São João Paulo II.

Trata-se uma compilação de diversos documentos magisteriais acerca das questões sociais. Não se trata de uma corrente ideológica, é muito superior, ao ponto que concorda com ideias contidas em ideologias diversas, mas também denuncia enfaticamente os erros cometidos por elas.

A Doutrina Social da Igreja “situa-se no cruzamento da vida e da consciência cristã com as situações do mundo e exprime-se nos esforços que indivíduos, famílias, agentes culturais e sociais, políticos e homens de Estado realizam para lhe dar forma e aplicação na história” (João Paulo II, Carta encicl. Centesimus annus, 59).

Desde 1891, o Papa Leão XIII iniciou, com a publicação da encíclica “Rerum Novarum”, um esforço para reunir ensinamentos da Santa Madre Igreja a respeito dos temas sociais, tendo como fundamento a sua Sagrada Tradição. Leão XIII condena, como dito, erros de diversas correntes. Condena, por exemplo, a exploração dos trabalhadores, conclamando para que haja responsabilidade e uma compromissada promoção da dignidade e da equidade dizendo: “A equidade manda, pois, que o Estado se preocupe com os trabalhadores, e proceda de modo que, de todos os bens que eles proporcionam à sociedade, lhes seja dada uma parte razoável, como habitação e vestuário, e que possam viver à custa de menos trabalho e privações”. Condena também a perversidade do comunismo sendo definido por uma “perturbação em todas as classes da sociedade, uma odiosa e insuportável servidão para todos os cidadãos, porta aberta a todas as invejas, a todos os descontentamentos, a todas as discórdias”.

Portanto, há um lado óbvio a ser escolhido: o da “Paz e Justiça”. E não podemos nos conformar quando a atitude de governantes eleitos pelo povo concorre contra a própria população, trabalhando somente para o enriquecimento próprio e de determinada classe, para a luta de classes e a instalação do caos. Já nos adverte o Apóstolo: “Não tenhais cumplicidade nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, condenai-as abertamente” (Ef 5, 11).

A página do apostolado no Facebook vem sendo atacada por pessoas que não compreendem que o aspecto político não só pode como deve ser colocado em pauta nos grupos católicos. Ao condenarmos o desmando da atual presidente do país (Dilma Rousseff) e seu guru (Luís Inácio Lula da Silva), fomos acusados de estarmos fugindo à finalidade de nosso apostolado. Ledo engano! Estamos fazendo a nossa parte, como nos pede o nosso Sumo Pontífice, o Papa Francisco em uma audiência pública no dia 07/06/2013:

Assim diz o destemido Papa: “Envolver-se na política é uma obrigação para o cristão. Nós cristãos não podemos brincar de Pilatos, lavar-nos as mãos. Devemos envolver-nos na política, porque a política é uma das formas mais altas da caridade, porque procura o bem comum. Os leigos cristãos devem trabalhar em política. Você me dirá: Não é fácil. Mas também não o é tornar-se padre! A política é demasiadamente conspurcada, mas é conspurcada porque os cristãos não se envolveram com o espírito evangélico. É fácil dizer: culpa daquilo… Mas eu, o que faço? Trabalhar para o bem comum é dever do cristão”.

Pois confiando no favor e na liberdade que Deus nos concede, continuaremos a bradar “FORA DILMA, FORA LULA, FORA PT!” e não nos venham acusar de partidarismo, detestamos também o posicionamento politicamente correto e pouco comprometedor da “oposição” PSDBista! Somos povo, somos católicos, somos BRASILEIROS! Seguiremos, a exemplo de São João Batista, a falar a verdade até que cortem as nossas cabeças. Para um maior efeito deste texto, imploramos a todos os nossos confrades e famílias: VAMOS ÀS RUAS NESTE DOMINGO, DIA 13. É necessário enfrentarmos, com valentia (que não é violência gratuita), como verdadeiros Cristeros, quem quer que seja para que retomemos o Brasil. Repito: Nossa bandeira, nosso partido, nosso lado é o da Santa Igreja Católica: “PAZ E JUSTIÇA”!

Também está dado o recado àqueles que pretendem parar de nos seguir caso continuemos a fazer oposição ao atual governo: NÓS CONTINUAREMOS! A este e a qualquer governo que promova valores contrários ao cristianismo.

Curtidas não nos levarão para o Céu.

Esto Vir!



Sobre

Seminarista na Arquidiocese de Diamantina - MG 27 anos.


'POSICIONAMENTO POLÍTICO OU CONFORMIDADE COVARDE' possui 5 comentários

  1. 12 de março de 2016 @ 12:26 José Antônio

    Olá! Me chamo José Antônio e sou de Fortaleza-CE. Obrigado ao Homem Católico. Um dia mandei uma comentário perguntando concretamente como posso aprender a ser homem, o que é ser homem. Não obtive resposta por comentário. Mas Deus Nosso Senhor permitiu que eu tivesse a resposta através das postagens do blog Homem Católico, das postagens do blog Modéstia Masculina e da observação e imitação da grandiosíssima pessoa de São José. Agora só me resta um dia conhecer pessoalmente todos vocês deste blog e parabeniza-los pelo bons homens que são e agradece-los por tudo que me ensinaram através do blog Homem Católico. Também só me resta agora conhecer o administrador do blog Modéstia masculina e conhecer também o meu querido pai São José. Não sei se nessa vida ou na outra vou conhece-los, mas espero conhece-los. Um abraço. São José abençoe a todos deste excelente blog. Se puderem respondam meu comentário.

    Responder

  2. 13 de março de 2016 @ 19:31 Vicente

    Show!!!

    Responder

  3. 21 de março de 2016 @ 11:49 Bruno Couto

    Bom dia!
    Realmente não podemos aceitar as mazelas do governo que prejudicam o povo. Mas tenho algumas dúvidas. Primeiramente, com o governo do PT minha família e muita gente que conheço aumentou o poder de compra e aquisição; meus familiares podem viajar ao nordeste do país, minha esposa é professora formada com a ajuda do PROUNI, outras pessoas menos favorecidas graças aos R$80,00 do Bolsa Família podem comer, pois devido a seca, não se produz nada (vide norte de Minas e Nordeste do Brasil por exemplo).
    Obviamente, que os fins não justificam os meios e não é justificável os benefícios que houveram, através da corrupção.
    Porém, quando dizem “FORA LULA” e “FORA DILMA”, quem entrará no lugar?
    Repito, não sou partidário e não concordo com a corrupção, mas não é com o impedimento de Dilma (a comissão está aí pra provar) que irá resolver.
    O que falta ao povo é inteligência e saber votar, devemos lutar a favor da democracia e nas próximas eleições mudar.
    Penso que com as experiências que vivi e vi, Deus, Nosso Senhor fica muito feliz vendo seu povo sofrido podendo comer.
    Um abraço!

    Responder

    • 31 de março de 2016 @ 08:43 Maurício Neto

      Caro Bruno,
      Eu moro na região mais pobre do país, exatamente no norte de Minas, mais precisamente no Vale do Jequitinhonha. Antes, quero reiterar que diante do seu e-mail, percebemos tratar-se de uma pessoa impaciente que nem ao menos esperou seu comentário ser aprovado para nos acusar de agir como moleques apagando-o quando isto não ocorreu.
      Bem, o que se notou no Brasil foi uma grande ascensão eleitoreira a troco de VÁRIOS CRIMES para garantir a tão sonhada perpetuação petista no poder. Vejo muita gente defendendo este governo desgraçado por conta de programas sociais, como se isto não fosse obrigação de um governo. Ora, se não fosse a Dilma, não teríamos programas sociais? Qualquer outro político poderia tê-los feito e feito muito mais com os bilhões de reais desviados para o bolso destes demônios.
      Acontece que agora a situação do povo pobre aqui no vale não é a mesma do tempo das vacas gordas (nem tão gordas), as pessoas se encontram endividadas, as bolsas não acompanham a inflação, cortaram-se 9.500 bolsas do prouni. Antes, eu particularmente tentava abrir os olhos daqueles que percebia estarem sendo enganados, hoje não mais o faço, pois hoje engana-se quem quer.
      Para responder à sua pergunta de quem entraria no lugar eu não tenho outra resposta: Bolsonaro! Nunca cometeu um só ato ilícito, sua agenda está em sua maioria alinhada aos valores cristãos e (chame-me de fascista) não se rende ao terror da bandidagem.
      A hora da reação chegou, os pobres precisam de quem cuide deles, não de quem os usa.
      Sem mais!

      Abraço.

      Responder

  4. 22 de abril de 2016 @ 17:35 Gustavo

    Bravo! equipe Esto Vir! É dessa valentia, essa aversão à pusilanimidade, que precisa todo cristão. Urge encarnar as Virtudes: Prudência, para aplicar a reta razão no conhecimento da realidade concreta; Justiça, para dar, em primeiro lugar, a Deus, e depois, a cada um o que lhe é devido; Fortaleza, para no combate suportar os ataques e permanecer firme na defesa da verdade, se preciso até o martírio; Temperança, para moderar nossas paixões.

    Responder


Gostaria de compartilhar seus pensamentos?

Seu endereço de email não será publicado.

"Um varão católico não pode esquecer esta ideia-mestra: imitar Jesus Cristo, em todos os ambientes, sem repelir ninguém."

Homem Catolico

Confortare et Esto Vir.